PORTAL LEÓPOLIS

Reconhecimento de padrões

COMO O PORTAL LEÓPOLIS USA O RECONHECIMENTO DE PADRÕES

Como o Portal Leópolis usa o reconhecimento de padrões para dar sentido a imagens


Os computadores não "veem" fotos e vídeos da mesma maneira que as pessoas. Quando o usuário olha uma foto, pode ver sua melhor amiga em pé na frente da casa dela. Da perspectiva de um computador, a mesma imagem é simplesmente um monte de dados que ele pode interpretar como formas e informações sobre valores de cor. Embora um computador não reaja como você ao ver a foto, ele pode ser treinado para reconhecer certos padrões de cores e formas. Por exemplo, um computador pode ser treinado para reconhecer os padrões comuns de formas e cores que compõem uma imagem digital de uma paisagem, como uma praia ou um objeto como um carro. Essa tecnologia ajuda o Portal Fotos a organizar as fotos e permite que os usuários encontrem fotos com uma pesquisa simples.


Um computador também pode ser treinado para reconhecer os padrões comuns de formas e cores que compõem uma imagem digital de um rosto. Esse processo é conhecido como detecção facial e é a tecnologia que ajuda o Portal Leópolis a proteger sua privacidade em festas que você nao autorizou ser visto, onde os computadores tentam detectar e desfocar os rostos de todas as pessoas que estavam no evento quando o fotografo ou "vant" (Veículo aéreo não tripulado) passou fotografando.


Indo um pouco mais além, podemos dizer que a mesma tecnologia de reconhecimento de padrões da detecção facial pode ajudar um computador a entender as características do rosto detectado. Por exemplo, pode haver certos padrões que sugerem que um rosto está sorrindo ou que os olhos estão fechados. Informações como essa podem ser usadas para ajudar com recursos como as sugestões de pesquisas.

Uma tecnologia semelhante também disponibiliza o recurso de agrupamento por reconhecimento facial na galeria de fotos em determinados eventos, o que ajuda os computadores a detectar rostos semelhantes e agrupá-los, facilitando a pesquisa e o gerenciamento das fotos pelos usuários. 

Análise avançada de imagens
​O sistema avançado encapsula modelos de machine learning em uma API REST fácil de usar, o que permite que os dados das imagens são extraidos facilmente. Quando um evento é cadastrado junto a imagens ele rapidamente classifica as imagens em milhares de categorias, (por exemplo: “praça”), detecta objetos e rostos individuais e extrai palavras impressas contidas nas imagens. Assim cria metadados no seu catálogo de imagens, moderar conteúdo ofensivo ou ativar cenários de comportamento usando a análise de sentimento das imagens.

Com o treinamento pode criar modelos personalizados de alta qualidade. Após fazer o upload e aplicar marcadores às imagens, o sistema treinará um modelo que pode ser escalonado conforme o necessário para se adaptar às demandas.

O Portal Leópolis grava a tela de todos os usuarios, mas nenhum pode ser identificado. Quando o usuario acessa o site (www.portalleopolis.com.br) a gravação de cliques, movimentos e scroll são registrados para determinar usuarios reais de falsos (bots), tambem são registrados para determinar comportamentos para servir de complemento ao reconhecimento de fotos. Nenhum dado é registrado em expecifico de um usuario, são registrados em massa, ou seja, não sabemos quem é o usuario expecifico no site, apenas no modo geral.

Insights extraídos das imagens
Detectamos com facilidade conjuntos amplos de objetos, incluindo flores, animais, meios de transporte e milhares de outras categorias normalmente encontradas em imagens. A API se aprimora ao longo do tempo, à medida que conceitos novos são introduzidos e a precisão aumenta. 

Analise de uma foto do site
As fotos são analisadas e divididas em categorias como reconhecimento facial, obejtos, lugares etc. Após é comparado com o banco de imagens para averigurar se tem os mesmos dados no sistema. 

Placas de Carros
Tudo pode ser configurado para ser apagado ou mesclado no ambiente, ao lado a placa do automovel foi mesclada com o ambiente, parece que não existe placa de verdade no automovel. Foi dado o comando para a rede neural para que propagandas seja escurecidas, assim foi colocado um bloco preto na imagem.